Cb image default
Divulgação

As ruas da nossa cidade em sua maioria são calçadas com paralelepípedos, mas com o passar dos dias, ruas específicas sofrem deformações, surgindo buracos e deixando alguns paralelepípedos soltos (caso comum em muitas cidades e rodovias). O secretário de obras Cleno de Benedito, em entrevista nos relatou que, para que isso aconteça é preciso que dois elementos ocorram simultaneamente, água e tráfego, a intrusão de água no solo (geralmente chuva), combinado com a passagem constante de veículos pesados, que no caso da Tomé de Souza permanecem por longo tempo estacionado distribuindo o peso na superfície que logo começa a ser corroída (formando o famoso borrachudo).

Cb image default
Divulgação

A Prefeitura Municipal está realizando no momento reparos na rua Tomé de Souza e terá seguimento em outras ruas, o secretário afirma que: “ com a substituição do material mais argiloso por cascalho e a compactação com placa vibratória, certamente tornará o calçamento mais duradouro ”.