Logo sdn

História


São Domingos é um município brasileiro do estado da Bahia que localiza-se a uma latitude 11º27"56" sul e a uma longitude 39º31"34" oeste, estando a uma altitude de 0 metros. Sua população é de 9.226 habitantes IBGE 2010.

São Domingos surgiu de uma grande fazenda de propriedade do Coronel Francisco Pedreira e D. Amélia Pedreira sua esposa, construída no ano de 1926. O Coronel Francisco Pedreira era devoto de São Domingos, por isso, deu o nome da fazenda São Domingos, fazendo parte do Município de Conceição do Coité. Depois de alguns anos, Coronel Francisco Pedreira vendeu a fazenda ao Senhor João Torquato de Oliveira.

O Sr. João Torquato de Oliveira, casado com a senhora Aquilina Vitalina de Oliveira, constituiu sua família com sete filhos, instalou a primeira casa varejista e idealizou as primeiras casas residenciais, iniciando assim o povoado. Com o passar do tempo, o senhor João Torquato resolveu mudar-se para a fazenda Bela Vista, distante seis quilômetros da fazenda São Domingos, deixando seu filho João Oliveira Filho, o seu futuro genro Leonardo Celestino da Silva que cuidava do comércio. O terceiro proprietário e morador no centro do pequeno povoado com sua família a partir de outubro de 1941, o senhor José Vitalino de Araújo casado com Maria Ramos de Araújo, deu prosseguimento aos benefícios em favor do povoado com as seguintes construções: construção de uma barbearia de propriedade do Senhor José Francisco de Matos, morador do povoado no ano de 1946: um barracão construído no centro do povoado para a ocupação dos feirantes no ano de 1948. Primeira Capela fundada em 1949 sob responsabilidades do Sr. Domingos Santana, Sr. José Vitalino e sua filha Valdete Ramos de Oliveira, sendo celebrada a primeira missa pelo Pe. Urbano Don e consagrada em 1957, como padroeiro o Santo Domingos de Gusmão, festejado pela primeira vez em 04 de Agosto de 1957; construção de uma padaria e uma fábrica de manteiga de propriedade do Sr. José Vitalino, que na época ocupava o cargo de Primeiro Inspetor de quarteirão e em seguida, Delegado do povoado com a autorização do Município de Conceição do Coité em 1949; surgiu a primeira loja de tecidos em 1950, de propriedade do Sr. Alcides Carneiro; instalou-se em 1951 o primeiro bar munido de snook e sortido de bebidas, tendo como proprietário o Sr. José Francisco de Matos; construção de um açude que veio beneficiar não só o povoado de São Domingos, mas o Distrito de Valente, através da administração do primeiro Prefeito de Conceição do Coité, Sr. Teócrito Calixto Cunha, com o acompanhamento da obra feito pelo Sr. José Ramos de Oliveira em 1951; embora já existisse uma escola municipal com o nome Dr. Getúlio Vargas, criada em 1947, tendo como primeira professora a Strª. Valdete Ramos de Oliveira, construiu-se um prédio escolar conveniado pelo Estado e Município, que recebeu o nome de Escola Luiz Camões, em 1951. A partir de 1982 a comunidade de São Domingos sentiu a necessidade de tornar-se independente de Valente, quando o Deputado Florisvaldo Carneiro da Cunha, criou o projeto de emancipação política deste Município (São Domingos), em 1984 havendo a consulta popular (plebiscito) em agosto de 1988. Os Deputados Luiz Pedro Irujo, Clodoaldo Campos, Cloriolano Sales e José Ramos Neto, atendendo à solicitação e o anseio da comunidade, deram andamento ao projeto de emancipação política, sendo sancionada pela Assembléia Legislativa do Estado da Bahia em 13 de junho de 1989.